0     Pessoal
11 de outubro de 2014

Escrever sempre foi meu refúgio. O papel sempre foi meu lugar preferido no mundo. Com o passar do tempo, o papel foi aos poucos dando lugar aos barulhinhos de teclado e as letras, que antes eram escritas a mão, passaram a ser digitadas. Mas o papel nunca perdeu seu lugar completamente. Cadernos, agendas, diários, bloquinhos comuns… Continuam sendo minhas maiores paixões e os melhores lugares para desabafar. Sempre fui uma apaixonada por palavras e é através delas que tento entender o mundo e principalmente, que tento explicar o meu mundo. Acredito no poder de um bom livro, na beleza de uma poesia, e me encanto com boas histórias.

Desde muito novinha fiz meu próprio mundo. Meus livros sempre foram meus melhores amigos e conselheiros. Fiz do meu quarto um lugar completamente meu.

Quando criança eu era a mais quieta. Na adolescência, a mais reservada. Não falava muito, mas observava absolutamente tudo. E assim eu cresci. Hoje sou mais falante (bem mais rs), perdi a vergonha de falar sobre sentimentos e aprendi a expor meus pensamentos (não todos). Aprendi a levar a vida com mais bom humor. Hoje me permito e me aceito.

Sou sensível, choro vendo novela e chorei durante 5 horas seguidas depois de assistir Um amor pra recordar. Há quem me ache brava e estressada… talvez eu seja mesmo! rs Sou apaixonada por maquiagem, amo futebol, na minha playlist tem de Chico Buarque a Anitta, amo brigadeiro (mas não dou a minima para os demais chocolates), sempre detestei rosa e um dia percebi que a maioria das minhas coisas era rosa (foi um choque rs), aos domingos sempre compro o jornal por três motivos: Revista da Tv, Caderno de Política e Economia e crônica da Martha Medeiros. Sim, gosto de coisas consideradas opostas ou no mínimo diferentes umas das outras e pra mim, a graça da coisa tá exatamente aí.

Passei a vida nutrindo o sonho de ser advogada, o dia em que passei no vestibular para Direito foi um dos mais felizes da minha vida e depois de dois anos de faculdade, descobri que odiava aquilo tudo e que queria mesmo era ser jornalista. E cá estou eu… estudando pra isso.

Sou completamente apaixonada por animais. E com 23 anos já sou a “velha louca dos gatos”.

Leio a biografia da Clarice quando preciso de inspiração, ouço John Mayer quando preciso me desligar do mundo e relaxar, tenho textos da Martha Medeiros espalhados pelo quarto, sou louca pelo Justin (Timberlake), tenho ciúmes dos meus filmes preferidos e se um dia eu encontrar com o Ian Somerhalder por aí tenho certeza que desmaio na hora. Sou sagitariana, mas o ascendente em escorpião diz bastante sobre mim. Apenas algumas coisas aleatórias que eu queria dividir com vocês.

Me apaixono diariamente. Por livros, por ideias, por alguma série nova, por algum personagem de filme, por um blush, por um batom, por uma música. Por pessoas já me apaixonei algumas vezes e o “grande amor” da minha vida (até hoje) foi platônico.

Precisei falar tudo isso sobre mim para poder, enfim, falar sobre o blog. Não tenho intenção de fazer um blog de moda, um blog de beleza ou um blog sobre qualquer assunto completamente rotulado. Quero escrever, dividir um pouco do meu mundo com quem tiver interesse em conhecer e fazer parte dele. Aqui, vou falar sobre as minhas paixões, sobre livros, sobre filmes, sobre séries, sobre maquiagem, sobre sentimentos… vou falar Sobre O Que é Bonito. Das mais variadas formas, dos mais variados jeitos. Quando contei sobre o nome do blog para algumas pessoas, ouvi de uma delas “Mas você não acha um nome muito pretensioso? Vai parecer que você quer dizer para as pessoas o que é bonito… algo superficial”. Não, minha intenção não é essa. Beleza não se limita a aparência. Muito pelo contrário. Beleza é, me perdoem o clichê, o que vem de dentro, o que vem da alma e aquilo que nossos olhos conseguem enxergar além do que está simplesmente ali, na nossa frente. Beleza é se encantar, é sorrir, é saber ser leve, é dar risada, é poder falar daquilo que quiser, é poder dar gritinhos de alegria depois de comprar um batom novo sem que alguém te ache fútil por isso. Beleza é poder ser livre para ser aquilo que você quiser. Acredito que beleza está sim nos olhos de quem vê e principalmente, de quem sente. As borboletas voando em meio a cidade são uma metáfora disso tudo. É possível ver uma beleza nova todos os dias. No ônibus, na rua, na vitrine, no caos da rotina. E é isso… vamos falar sobre o que é bonito, sobre o que nos faz bem, sem rótulos, sem vergonha e sem frescura.

Sejam bem-vindos ao Sobre o que é bonito

e eu sou a Jéssica, muito prazer ;)

 

Beijos 

Twitter     |     Facebook     |     Instagram     |     Youtube

 
Compartilhe:   Twitter    Facebook    Google + 0    9 comentários



Deixe sua opinião











domingo, 12 de outubro de 2014.

O blog tá muito lindo e a sua cara :)
Lembrei de você em cada palavra que eu li!
Ansiosa pelos próximos posts =D

Beijo


terça-feira, 14 de outubro de 2014.

Obrigada, amiga =) Sinta-se parte dele…
Você acompanhou tudo de perto e seu incentivo foi fundamental!

Beijo <3


domingo, 12 de outubro de 2014.

Era leitor assíduo do outro blog e pretendo me tornar deste também :)
Quanto ao layout: tudo muito bonito, de bom gosto e harmônico.
O texto então, nem se fala. Mesmo se propondo a ser sobre assuntos mais ”mulherzinha”, foi gostoso de ler. E partindo do seu olhar para as coisas, tenho certeza que até as coisas aparentemente mais banais podem se tornar muito interessantes e curiosas.
Bjs


terça-feira, 14 de outubro de 2014.

Não preciso nem dizer a importância do seu comentário e da sua opinião pra mim, né?
Seu apoio ao blog antigo foi o que me fez acreditar que eu podia fazer algo bom.
Obrigada =) E sim, vou cobrar sua presença aqui! rs

Beijo


sexta-feira, 24 de outubro de 2014.

;)


segunda-feira, 13 de outubro de 2014.

Blog divo! Tenho certeza que já leio material de uma estrela :) PARABÉNS!


terça-feira, 14 de outubro de 2014.

Comentário de um membro da realeza tombante! hahaha Obrigada, Luquinhas!
E obrigada por ter me ajudado sempre que precisei de uma opinião sobre foto, layout…
Tenho certeza que um dia você vai ser o responsável pelo design do blog <3

Beijo


terça-feira, 14 de outubro de 2014.

Quando você estiver no auge, láaaaaaaa no alto, vou lembrar que tive o prazer de ler seu blog beeeeem no início da sua caminhada, rs. Muito bom!


terça-feira, 14 de outubro de 2014.

Obrigada, Arthur!
Fico muito feliz que tenha gostado, de verdade =)

Beijo